Conecte-se Conosco

Paranavaí

Preço da mandioca caminha para a estabilização, avalia SIMP

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

Depois de várias semanas em queda livre (desde novembro do ano passado), o preço da mandioca aparentemente caminha para a estabilização. “Parece que os preços começam a se estabilizar”, disse, nesta segunda-feira (10) o presidente do Sindicato das Indústrias de Mandioca do Paraná (SIMP), Eduardo Pasquini, ao final da reunião semanal da entidade em que foi discutido o mercado da raiz, da farinha e fécula de mandioca.
De acordo com o CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), instituição ligada à USP (Universidade de São Paulo), na semana passada, por conta do feriado da Sexta-Feira da Paixão, muitas indústrias reduziram o esmagamento da mandioca, mas mesmo assim os preços não caíram na proporção que vinha acontecendo.
Alguns industriais chegaram a informar na reunião que nesta semana manterão os mesmos preços praticados na semana passada na aquisição da matéria-prima. Outros anunciaram até um pequeno reajuste.
Na opinião dos associados do SIMP, a estabilização de preços se faz necessário para não desestimular o mandiocultor a sair da atividade em busca de uma cultura que ofereça melhor remuneração.
O preço está se estabilizando em torno de R$ 1,60 o grama de amido, um valor que, na avaliação das indústrias, garante uma boa remuneração ao produtor. Isto porque, a renda da mandioca está em alta, em média entre 550 e 600 gramas na balança hidrostática de 5 quilos. É que a maior parte da raiz que está sendo entregue nas indústrias é de dois ciclos e a estimativa do setor é que ainda há matéria-prima destas lavouras para mais dois meses.

Publicidade

Comente usando o Facebook

Publicidade

O Portal Roy NEWS acredita no Jornalismo comprometido com a verdade dos fatos e com a ética, trazendo sempre os principais fatos de Paranavaí e região, além dos destaques nacionais e da mídia.

Atletismo

Atletismo de Paranavaí disputa Torneio Paranaense em Cascavel neste fim de semana

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

Nesse sábado em Cascavel acontece o terceiro Torneio da Federação Atletismo do Paraná categorias sub 14 e sub 16.
350 atletas de 17 cidades foram inscritos nesse torneio l. O evento acontece no Centro Nacional Deselvolvimento do Atletismo, uma das maiores estruturas do Brasil. O evento começa as 8.00 e termina às 17.00 hs.

Publicidade

Acompanham os atletas os professores:
Aguinaldo Souza
Orlando Bomfim
Moises Robert

O projeto tem apoio da prefeitura de paranavai

Comente usando o Facebook

Publicidade
Continue Lendo

Paranavaí

Paranavaí terá vagas de motos exclusivamente para idosos

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

A Pare Fácil, empresa responsável pelo estacionamento rotativo em Paranavaí, deu início nesta semana a implantação das vagas de idosos nas vagas de motos. O serviço está sendo realizado fora do horário de expediente comercial para não atrapalhar o trânsito, bem como não interditar o uso do estacionamento pelos demais motociclistas.

Publicidade

Um idoso com a credencial nas vagas exclusivas tem a gratuidade de duas horas do estacionamento rotativo. Devido a muitos pedidos dos usuários, o município solicitou à empresa responsável pela operação do Estacionamento Rotativo que providenciasse vagas exclusivas para os idosos para as motocicletas.

Buscando garantir o direito a todos os idosos, as vagas implantadas serão de uso exclusivo para o titular da credencial, devendo ser disposta de maneira visível no painel da motocicleta. No total, serão 48 vagas que foram escolhidas para facilitar a mobilidade dos idosos.

Segundo dados da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), de 2023, a frota de motocicletas no Brasil chegou a 32,3 milhões, sendo um dos principais meios de transporte da população. O uso de motocicletas pelos idosos vem crescendo consideravelmente devido à sua praticidade e economia.

Fonte: Ass. Pref. Pvaí

Comente usando o Facebook

Publicidade
Continue Lendo

Cidades

Estado promove encontros sobre patrimônio cultural em Paranavaí e Umuarama

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

Secretários, dirigentes e gestores públicos municipais de Cultura do Núcleo Regional de Cultura da Macrorregião Noroeste irão participar em maio de um encontro nos municípios de Paranavaí (23/05) e Umuarama (24/05) com a temática da Memória e do Patrimônio Cultural do Paraná. Os dois dias de evento se dão em razão do número de municípios (114) que a macrorregião possui. No total, são aguardadas 120 pessoas.

Publicidade

O objetivo é mostrar a legislação estadual dos museus e do patrimônio histórico, a Cartilha de Orientação do Patrimônio e orientar sobre os procedimentos para criação de museus municipais. Para isso, serão feitas apresentações sobre políticas públicas que visam salvaguardar os conjuntos históricos, planejamento dessas políticas, projetos para preservação da memória do Estado e as diretrizes que são desenvolvidas de forma coletiva com os agentes culturais e a sociedade civil.

“A importância desse encontro está relacionada com o fortalecimento das políticas públicas do setor cultural e especificamente da área de memória e patrimônio. A nossa expectativa é desmistificar o tombamento e promover o sistema estadual dos museus”, explica Vinicio Costa Bruni, diretor de Memória e Patrimônio Cultural, da Secretaria estadual da Cultura.

HISTÓRIA – A história do preservacionismo no Estado do Paraná remonta às primeiras décadas do século XX, quando foi criado o Conselho Superior de Defesa do Patrimônio Cultural, pela Lei Estadual n.º 38, de 31 de agosto de 1935. O principal objetivo do conselho era colaborar na defesa do Patrimônio Cultural do Paraná e estimular toda atividade intelectual e artística no Estado. Por esse motivo, o Paraná é considerado o primeiro estado a tratar desse assunto.

Em 1948, foi criada a Divisão do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do Paraná a qual, mais tarde, tornou-se a atual Coordenação do Patrimônio Cultural. Passados alguns anos, em 1953, foi criada e sancionada pelo governador Bento Munhoz da Rocha Neto a Lei Estadual 1.211, Lei de Tombamento.

Serviço:

Paranavaí
Data: 23/05 (quinta-feira)
Horário: 9h às 12h e das 13h30 às 16h
Público-alvo: municípios da região da Amunpar (Paranavaí) e Amusep (Maringá)
Nº de municípios: 58
Local: Fundação Cultural de Paranavaí – Casa da Cultura Carlos Drummond de Andrade

Umuarama
Data: 24/05 (sexta-feira)
Horário: 9h às 12h e das 13h30 às 16h
Público-alvo: municípios da região da Amenorte (Cianorte), Amerios (Umuarama) e Comcam (Campo Mourão)
Nº de municípios: 56
Local: Fundação Cultural de Umuarama – Centro Cultural Vera Schubert

Fonte: AEN

Comente usando o Facebook

Publicidade
Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Policial

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas