Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

quinta-feira, 3 de março de 2022

Paraná oferece mais de 10 concursos públicos com 600 vagas abertas-De Paranavaí trabalhador e estudante que há 2 anos passou na seleção da Prefeitura agora vai prestar para PRF

Segundo professor, muitos concursos ficaram represados por causa da pandemia, por isso, esse é um dos melhores momentos para os concurseiros.

Kaue de Paranavaí estuda para o concurso da PRF — Foto: RPC/Reprodução

Os interessados em ser concurseiros podem aproveitar, neste ano de 2022, pelo menos 11 concursos públicos que estão com 600 vagas abertas no Paraná.

Confira aqui a relação de concursos públicos abertos
Mais de 160 concursos públicos com inscrições abertas reúnem 16,3 mil vagas no país; veja lista


De acordo com o professor Ricardo Baronovsky, muitos outros concursos ainda devem ser abertos ao longo do ano, pois por causa da pandemia muitos editais ficaram represados e a expectativa é que eles ocorram até 2023.
"Teremos um crescimento no número de vagas. Um exemplo é o INSS, que é um concurso esperado, a Receita Federal, a Polícia Civil de São Paulo, entre outros grandes concursos que estão na eminência de sair porque estavam represados, seja porque os órgãos e os candidatos não queriam, seja porque não era possível aglomerar em uma sala", explicou.

O Kaue Lima da Silva presta concurso público desde 2014. Há dois anos ele passou na seleção da Prefeitura de Paranavaí, no noroeste do Paraná.

Agora, ele está de olho em uma vaga na Polícia Rodoviária Federal (PRF). Para isso, Silva tem se dividido entre o trabalho, os estudos e a experiência de pai de primeira viagem.

"Geralmente eu pego entre duas a três horas por dia para estudar nesse começo", contou.
Prepara-se

O professor disse que este é um dos melhores momentos para quem investe o estudo em concursos públicos.

"Mas o estudo não se faz com o edital aberto. Ainda que aquele edital não esteja aberto, o momento de estudar é agora porque tenho plena convicção que serão milhares de vagas", disse.
Além de muito estudo e dedicação, os concurseiros também precisam ser persistentes até a aprovação do processo seletivo tão esperado, conforme Baronovsky.

"A maioria dos candidatos se dedica em torno de dois a seis anos, dependendo do concurso, se é de nível médio ou superior ou carreira, chegando até a 10 anos em concursos para juiz e promotor. O que posso afirmar é que nunca conheci um concurseiro reprovado, o que conheci é um concurseiro que desistiu no meio do caminho porque, muitas vezes, ele desiste quando estava muito próximo de conseguir a aprovação."
Fonte-G1 Por RPC Noroeste — Londrina

RoyNews





Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
close button
Anuncie