Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

terça-feira, 1 de março de 2022

Confirmadas Três mortes por afogamento no Rio Paraná

Tristes noticias no inicio desta semana chegam do Corpo de Bombeiros com o registro de 3 mortes por afogamento de um homem de 28 anos de Mandaguaçu no sábado no Rio Paraná em Porto Rico ,um morador de Curitiba de 30 anos no domingo também no rio Paraná no Porto Maringá e um homem de 50 anos de Maringá que estava desaparecido desde a tarde de ontem(28) no Rio Paraná em Porto Rico foi encontrado na manhã desta terça-feira(1)

Um homem de 50 anos morador da cidade de Maringá estava desaparecido no Rio Paraná em Porto Rico.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a vítima estava com amigos e familiares nesta segunda-feira(28) em uma embarcação, apoitada próximo ao final de uma ilha, em local mais raso.

Por volta das 18h30min, a vítima se afastou um pouco de onde estava, e foi levada pela correnteza  onde começou a se afogar.

O irmão e amigos tentaram resgatá-lo, porém sem sucesso. Na sequência, os GVs e GVCs de um PGV foram acionados por terceiros e deslocaram até o local e fizeram busca com a técnica de mergulho livre mas também não obtiveram sucesso.

As buscas foram encerradas por condições de segurança (falta de luminosidade e fluxo intenso de embarcações) e na manhã desta terça-feira(1) as buscas foram retomadas e o corpo foi localizado às 08h40 a poucos metros do local indicado do afogamento.

Afogamento no sábado(26)

Um homem de 28 anos morreu afogado no Rio Paraná, em Porto Rico. O corpo foi localizado na manhã deste domingo (27), em um trecho do rio na Ilha Santa Rosa, uma das prainhas de Porto Rico. A vitima Junior Henrique Pavani  Diniz, era morador de Mandaguaçu.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima se afogou e desapareceu nas águas na noite de sábado(26), por volta das 19h. A corporação foi acionada, mas não conseguiu localizar o jovem.

Na manhã deste domingo, as buscas foram retomadas e o rapaz foi localizado pouco depois das 11h. O corpo dele estava a aproximadamente 50 metros do local em que testemunhas o viram pela última vez.

Ainda conforme o Corpo de Bombeiros, a vítima se afogou em uma área da prainha sinalizada com bandeira preta, que indicava um local desprotegido por guarda-vidas. O espaço ficava a cerca de 200 metros do posto onde estavam bombeiros.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Paranavaí.

Afogamento domingo-

Um homem de 30 anos desapareceu no rio Paraná, em Marilena, após pular da embarcação em movimento no início da noite deste domingo (27)

A vítima, era morador de Curitiba, Cristhian Venâncio e quando retornava da Ilha Pingo, em Porto Maringá, por volta das 19h15, pulou no rio, afundou e não conseguiu retornar.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a área não era protegida pelo Posto de Guarda-Vidas. Os bombeiros foram acionados e realizaram buscas na superfície, mas o turista não foi encontrado.

As buscas foram retomadas na manhã desta segunda-feira (28), e no final da tarde, às 17h50, o corpo emergiu a 2,5 km do local do afogamento, sendo visualizado por populares que informaram o Corpo de Bombeiros.

A Marinha do Brasil compareceu ao local para apoiar nas buscas e levantar o informações para subsidiar o inquérito. IML acionado para recolhimento do cadáver.

Com informações do Corpo de Bombeiros-Responsável pelas informações: 1° Ten. QOBM Guilherme Costa Brischiliari, Oficial de Praia

RoyNews





Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
close button
Anuncie