Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

sábado, 29 de janeiro de 2022

Covid-19- Paranavaí reduz para 6 anos a faixa etária de vacinação infantil --Veja o cronograma completo para este sábado no Centro de Eventos


A Secretaria Municipal de Saúde de Paranavaí, através da coordenação de Imunização, e a 14ª Regional de Saúde, realizam neste sábado(29) a ação em massa de imunização contra Covid-19 no Centro de Eventos das 08h às 13.

A aplicação das doses pediátricas agora é para crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades. Para a vacinação das crianças, os pais ou responsáveis deverão apresentar: Certidão de Nascimento, Carteira de Vacina (obrigatório), CPF (obrigatório) e Cartão SUS (se tiver). A aplicação das doses acontece no Centro de Eventos, das 8h às 13h.

Lembrando que será permitido que as crianças estejam acompanhadas de apenas um adulto responsável, para evitar aglomeração de pessoas. “Pedimos que os pais não levem irmãos maiores ou menores que não serão vacinados ou uma terceira pessoa para tirar fotos. Só permitiremos um acompanhante por criança”, reforça a coordenadora de imunização do município, Grazieli Barbaço.
Veja o Cronograma para este sábado:

- 1ª dose: crianças de 5 a 11 anos com comorbidades; crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades; e pessoas maiores de 12 anos, com ou sem comorbidades;

- 2ª dose: imunizante Pfizer, para maiores de 12 anos (vacinados com a 1ª dose há mais de 28 dias);

- 3ª dose: pessoas maiores de 18 anos (vacinados com a 2ª dose há mais de 4 meses); e pessoas com alto grau de imunossupressão, maiores de 18 anos (vacinados com a 2ª dose há no mínimo 28 dias).

Em qualquer caso, as pessoas que foram positivadas para Covid-19 há menos de 30 dias, não poderão ser imunizadas neste momento.
1ª dose – Para receber a 1ª dose da vacina contra Covid-19, basta ir até o Centro de Eventos e apresentar um documento de identificação com foto, CPF, Cartão SUS e Cartão de Vacina.

A exemplo de qualquer atendimento realizado para menores de idade, para receber a dose da vacina as crianças e os adolescentes devem, obrigatoriamente, estar acompanhados de um adulto responsável.
No caso de crianças de 5 a 11 anos com comorbidades, além da Certidão de Nascimento, CPF (obrigatório) e Cartão SUS (se tiver), também é necessária a apresentação de uma prescrição/declaração com indicação do médico para receber a dose, constando a comorbidade existente ou receituário de medicamento de uso contínuo.

Para a imunização, são consideradas comorbidades doenças como diabetes, pneumopatia crônica grave, Hipertensão Arterial Resistente (HAR), hipertensão arterial estágio 3, hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo, doenças cardiovasculares, doenças cerebrovasculares, doença renal crônica, imunossuperssão, anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática, TEA (Transtorno do Espectro Autista) e Síndrome de Down. A lista com a descrição completa das comorbidades aceitas conforme o Plano Estadual de Imunização está disponível em anexo.
2ª dose – Para receber a 2ª dose é necessária a apresentação de documento de identificação com foto, CPF, Cartão SUS, Cartão de Vacina e Cartão de Gestante (para grávidas e puérperas).

Para a aplicação da 2ª dose, deve-se respeitar a data indicada no Cartão de Vacina.
3ª dose – Para receber a 3ª dose, as pessoas maiores de 18 anos devem apresentar documentos pessoais e Cartão de Vacina comprovando a aplicação das duas doses anteriores. O intervalo para a dose de reforço deverá ser de, no mínimo, 4 meses após a imunização com a 2ª dose.

Já as pessoas maiores de 18 anos que se enquadram no grupo de alto grau de imunossupressão devem apresentar documento pessoal com foto, Cartão de Vacina com a comprovação da aplicação das duas primeiras doses, e uma Declaração Médica autorizando a vacinação, assinada e carimbada pelo médico responsável, conforme modelo em anexo disponibilizado pela 14ª Regional de Saúde.

Para as pessoas com alto grau de imunossupressão, o intervalo para a dose de reforço deverá ser de, no mínimo, 28 dias após a imunização com a 2ª dose.
Com informações da Ass.Pref

RoyNews






Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
close button
Anuncie