Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

terça-feira, 21 de dezembro de 2021

Filho que matou e esquartejou corpo do pai em 2019 em Paranavaí é encontrado morto, enforcado em S.José dos Pinhas,onde estava preso.

Leonardo Batista da Rocha, 23 anos que matou de forma brutal seu pai Manoel Ferreira da Rocha, 73 anos em novembro de 2019 em Paranavaí e que segundo familiares estava preso em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba foi encontrado morto, enforcado no domingo(19) de manhã.

O Tribunal do Júri de Paranavaí condenou a 26 anos e 11 meses de prisão Leonardo que foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná pelo homicídio do próprio pai. A condenação, aconteceu no dia 26 de agosto deste ano pelos crimes de homicídio qualificado por meio cruel, ocultação do corpo e vilipêndio ao cadáver.

 Crime Bárbaro-

Manoel Ferreira da Rocha, 73 anos, estava desaparecido desde 23 de novembro de 2019
Foto- Manoel Ferreira da Rocha assassinado pelo próprio filho em 2021-Reprodução RPC

No dia 29 de novembro de 2019 Investigadores passaram a receber várias ligações dando conta de que o filho do seu Manoel de nome Leonardo Batista da Rocha na época com 21 anos que residia com o pai teria assassinado o mesmo estando de posse do carro de Manoel.

Diante das informações os investigadores buscaram o monitoramento da tornozeleira eletrônica de Leonardo onde constatou o rompimento em uma localidade entre a cidade de Paranavaí e Nova aliança do Ivaí sendo observado que o mesmo ficou parado em um grande canavial por determinado tempo levando sérios indícios de que talvez o corpo do seu pai poderia estar naquela localidade.

Policiais Civis passaram então a fazer buscas e varreduras no local e no primeiro momento o corpo não foi localizado.

No dia anterior o veículo que estava em poder de Leonardo ( veículo de propriedade de seu pai Manoel) foi localizado abandonado em via pública em Paranavaí sendo aprendido e levado à delegacia, onde foi submetido a perícia técnica .

Diante dos indícios levantados pela polícia civil foi solicitado a prisão temporária pelo prazo de 30 dias do Leonardo Batista da Rocha.

A polícia civil tomou conhecimento que Leonardo estaria em Curitiba juntamente com sua namorada, uma adolescente de 14 anos. Foi solicitado imediato apoio de policiais da delegacia de homicídios de proteção à pessoa para que efetuassem a prisão de Leonardo.

Leonardo foi preso juntamente com a adolescente quando estava na cidade de Curitiba por volta das 21:30 do dia 28 de novebro

Leonardo confessou ter matado de forma brutal seu pai Manoel Ferreira da Rocha 73 anos com marteladas após discussão no interior da casa onde residia com o mesmo, indicando que sua namorada adolescente teve participação.

Disse que após o crime colocaram o corpo no veículo , ocultando o corpo sendo enterrado em um canavial localizado entre Paranavaí e Nova aliança. Após pegou um ônibus juntamente com sua namorada evadindo-se da cidade.

O Autor de ter matado o próprio pai, Leonardo Batista da Rocha (21 anos) que foi preso em Curitiba na ultima quinta-feira(28) chegou transferido da Capital `à 8ªSDP de Paranavaí e na tarde de segunda-feira 2 de dezembro levou investigadores até o local onde teria enterrado o pai.

O Corpo de Manoel Ferreira da Rocha foi localizado esquartejado, enterrado dentro de uma mala em uma propriedade rural as margens da Rodovia PR 561 entre Paranavaí a Nova Aliança do Ivaí.Segundo informações da Polícia Civil, a cabeça foi enterrada em outro local, e até hoje não foi encontrada.

Familiares receberam a noticia ontem(20) que Leonardo Batista da Rocha foi encontrado morto, enforcado.

RoyNews















Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
close button
Anuncie