Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

quinta-feira, 4 de novembro de 2021

Idosos com 66 anos completos podem tomar 3ª dose da vacina contra Covid-19 a partir desta sexta-feira com intervalo mínimo, 6 meses após a imunização com a 2ª dose.

A Secretaria Municipal de Saúde, através da coordenação de Imunização, e a 14ª Regional de Saúde, começa a aplicar a 3ª dose da vacina contra Covid-19 em idosos com 66 completos nesta sexta-feira, dia 5 de novembro. A aplicação das doses acontece no Centro de Eventos, das 8h às 13h.
Para receber a 3ª dose, os idosos com mais de 66 anos devem apresentar documentos pessoais e Cartão de Vacina comprovando a aplicação das duas doses anteriores. Lembrando que, para os idosos com mais de 66 anos, o intervalo para a dose de reforço deverá ser de, no mínimo, 6 meses após a imunização com a 2ª dose.

No caso de idosos com mais de 66 anos que estejam acamados, as terceiras doses serão aplicadas nos domicílios pelas equipes do ESF (Estratégia Saúde da Família).
Cronograma – Nesta sexta-feira, dia 5 de novembro, acontece a aplicação de 2ª e 3ª dose da vacina para os seguintes grupos:

- 2ª dose: imunizantes Astrazeneca e Coronavac, de acordo com o prazo indicado no Cartão de Vacina;

- 3ª dose: pessoas idosas com 66 anos ou mais (vacinados com a 2ª dose há no mínimo seis meses); e pessoas maiores de 18 anos com alto grau de imunossupressão (vacinados com a 2ª dose há no mínimo 28 dias).

Lembrando que, em qualquer caso, as pessoas que foram positivadas para Covid-19 há menos de 30 dias, não devem ser imunizadas neste momento.
2ª dose – Para receber a 2ª dose dos imunizantes Astrazeneca e Pfizer, é necessária a apresentação de documento de identificação com foto, CPF, Cartão SUS, Cartão de Vacina e Cartão de Gestante (para grávidas e puérperas).

Para a aplicação da 2ª dose, deve-se respeitar a data indicada no Cartão de Vacina.
3ª dose – Para receber a 3ª dose, as pessoas maiores de 18 anos que se enquadram no grupo de alto grau de imunossupressão devem apresentar documento pessoal com foto, Cartão de Vacina com a comprovação da aplicação das duas primeiras doses, e uma Declaração Médica autorizando a vacinação, assinada e carimbada pelo médico responsável, conforme modelo em anexo disponibilizado pela 14ª Regional de Saúde.

Lembrando que, para os indivíduos com alto grau de imunossupressão, o intervalo para a dose de reforço deverá ser de, no mínimo, 28 dias após a imunização com a 2ª dose.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
close button
Anuncie