Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Conselheiras tutelares de Loanda perdem cargo após usarem carro da prefeitura em litoral de SC

Segundo a prefeitura, envolvidas foram exoneradas por conduta irregular durante o exercício do mandato. À época do caso, mulheres foram levar adolescente e voltaram com um dia de atraso.

Conselheiras são flagradas com cadeira de praia no litoral de SC — Foto: Reprodução/RPC

Duas conselheiras tutelares de Loanda, no noroeste do Paraná, foram exoneradas após
serem flagradas, em janeiro de 2021, usando o carro do Conselho Tutelar em uma praia de Santa Catarina.

Colaboração RoyNews Loanda-

Conforme o documento, publicado na sexta-feira (22), as duas envolvidas perderam o cargo pela prática de conduta irregular durante o exercício do mandato.
O vídeo foi gravado no dia 27 de janeiro por um morador de Balneário Piçarras. Nas imagens, é possível ver as mulheres retirando itens de praia, como guarda-sol e cadeiras de praia, de um carro do Conselho Tutelar. Assista no vídeo abaixo
Vídeo: Balanço Geral

Nove meses depois do caso, o Conselho do Direito da Criança e do Adolescente decidiu pela exoneração das conselheiras.
Uma eleição deve ocorrer nos próximos dias para a contratação de novos conselheiros.

A defesa de Lúcia Elena de Souza disse que não foi intimada e, portanto, não irá se manifestar.

O advogado de Gleicy Ellen Cola dos Santos disse que pretende entrar com uma ação judicial para anular o processo administrativo disciplinar em decorrência de inúmeras nulidades e irregularidades processuais.
O caso

À época, o Conselho Tutelar informou que as duas servidoras deixaram Loanda no dia 26 de janeiro e iriam até Joinville (SC) para levar uma adolescente, devendo retornar no dia seguinte.

Apesar disso, de acordo com o Conselho Tutelar, as mulheres voltaram na quinta-feira (28) e não justificaram o atraso.
O Portal da Transparência de Loanda apontou que as duas conselheiras receberam R$ 1.300 para a viagem, sendo R$ 500 para despesas e R$ 800 referentes a diárias.

O Conselho Tutelar de Loanda repudiou o caso e disse por meio de nota que se trata de um fato isolado, sem conhecimento dos demais membros do órgão.

Fonte-G1 Norte/Noroeste Por RPC Noroeste — 
RoyNews

Um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
close button
Anuncie