Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Vacinação em massa segue nesta quinta-feira no Centro de Eventos das 08h às 14h

A Secretaria Municipal de Saúde, através da coordenação de Imunização, e a 14ª Regional de Saúde, seguem nesta quinta-feira (30) com à aplicação da 1ª dose da vacina contra Covid-19 em adolescentes de 12 a 16 anos, com comorbidades como diabetes, Hipertensão Arterial Resistente (HAR), hipertensão arterial estágio 3, hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo, doenças cardiovasculares, doença renal, obesidade mórbida, cirrose hepática e demais doenças relacionadas no Plano Estadual de Imunização. A aplicação das doses está sendo realizada no Centro de Eventos, das 8h às 14h.
Para receber a 1ª dose, basta que os adolescentes desta faixa etária se dirijam até o Centro de Eventos, obrigatoriamente acompanhados de um adulto responsável, e apresentem: documento de identificação com foto, CPF, Cartão SUS, Cartão de Vacina e uma prescrição/declaração com indicação do médico para receber a dose, constando a comorbidade existente. A 14ª Regional de Saúde disponibilizou um modelo de Formulário para Atestado Médico autorizando a vacinação contra Covid-19 (em anexo), que deve ser preenchido, assinado e carimbado pelo médico responsável.
Paranavaí  também dá continuidade à vacinação de adolescentes com 17 anos completos (com ou sem comorbidades) e também à ação de repescagem da vacina contra Covid-19 para todas as pessoas com idade a partir de 18 anos completos que ainda não tomaram a 1ª dose.
CASA SHOP TOTA LOJA EM ATE 10X NOS CARTÕES-PRÓXIMO A JORROVI.

A exemplo de qualquer atendimento realizado para menores de idade, para receber a dose da vacina os adolescentes devem, obrigatoriamente, estar acompanhados de um adulto responsável.
Além da ação de repescagem, o Centro de Eventos também continua como ponto único de aplicação de 2ª dose, agora dos três imunizantes: Astrazeneca, Coronavac e Pfizer. Lembrando que, para a aplicação da 2ª dose, deve-se respeitar a data indicada no Cartão de Vacina.
Para receber a 1ª ou a 2ª dose da vacina, basta que os públicos-alvo se dirijam ao Centro de Eventos levando documento de identificação com foto, CPF, Cartão SUS, Cartão de Vacina e Cartão de Gestante (para grávidas e puérperas).

Cabe ressaltar que as pessoas que tomaram a vacina contra Influenza há menos de 15 dias e aquelas que foram positivadas para Covid-19 há menos de 30 dias, não poderão ser imunizadas neste momento.
Aplicação da 3ª dose – Esta semana também estão sendo imunizados dois grupos específicos com a 3ª dose: o grupo das pessoas idosas com 70 anos ou mais; e o grupo de pessoas com alto grau de imunossupressão. Para ambos os grupos, a 3ª dose da vacina aplicada será a da Pfizer, independente de a pessoa ter sido vacinada com outros imunizantes anteriormente.
Para receber a 3ª dose, os idosos com mais de 70 anos devem apresentar documentos pessoais e Cartão de Vacina comprovando a aplicação das duas doses anteriores. Lembrando que, para os idosos com mais de 70 anos, o intervalo para a dose de reforço deverá ser de, no mínimo, 6 meses após a imunização com a 2ª dose.

No caso de idosos com mais de 70 anos que estejam acamados, as terceiras doses serão aplicadas nos domicílios pelas equipes do ESF (Estratégia Saúde da Família).
Já as pessoas que se enquadram no grupo de alto grau de imunossupressão devem apresentar documento pessoal com foto, Cartão de Vacina com a comprovação da aplicação das duas primeiras doses, e uma Declaração Médica autorizando a vacinação, assinada e carimbada pelo médico responsável, conforme modelo em anexo disponibilizado pela 14ª Regional de Saúde.
Segundo o PNI (Plano Nacional de Imunização), se enquadram no grupo apto a receber a 3ª dose da vacina contra Covid-19, as pessoas com alto grau de imunossupressão como: imunodeficiência primária grave; paciente em tratamento de quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 menor que 200 céls/mm3; pessoas em uso de corticóides em doses maiores ou iguais a 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por mais de 14 dias; pacientes em uso de drogas modificadoras da resposta imune; pacientes em hemodiálise; e pessoas com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).
Lembrando que, para os indivíduos com alto grau de imunossupressão, o intervalo para a dose de reforço deverá ser de, no mínimo, 28 dias após a imunização com a 2ª dose.
Ass.Pref

RoyNews

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
close button
Anuncie