Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Em video Presidente da Soc.Rural do Noroeste se manifesta sobre Decreto Municipal para retomada do parque de exposições de Paranavaí

Foto- Ivan Furquini.

Noticia publicada no DN-Diário do Noroeste na edição desta sexta-feira(17)

O prefeito de Paranavaí, Carlos Henrique Rossato Gomes (KIQ), assinou na última quarta-feira (16) o Decreto Municipal 22.840/2021, que dispõe sobre a retomada do Parque de Exposições Arthur da Costa e Silva. O texto deve ser publicado no Diário Oficial dos Municípios do Paraná nesta sexta-feira (17), informou a assessoria de imprensa da Administração Municipal.
Em postagem feita nas redes sociais na tarde de ontem, o prefeito explicou: “O decreto ‘determina a adoção de medidas administrativas visando a retomada da posse do imóvel’”. De acordo com KIQ, o Município outorgou em favor da Sociedade Rural do Noroeste do Paraná a concessão de uso de uma área de 345.342 metros quadrados, mas o espaço “não vem sendo utilizado para atendimento de finalidades de interesse público”.

O Decreto Municipal 22.840/2021 apresenta uma série de considerações para justificar o interesse da Administração Municipal em reaver o terreno, por exemplo, “a ausência de justificativas para que imóvel público de grande dimensão seja utilizado exclusivamente para realização de festividades organizadas por entidade privada, cujas festividades podem ser organizadas em outras áreas privadas”.
Consta no documento, também, a afirmação de que “o imóvel em questão se caracteriza em grande área de terras subutilizadas, contrariando a ordenação da cidade estabelecida no Plano Diretor e comprometendo o desenvolvimento da região do Distrito Industrial”. O Parque de Exposições Arthur da Costa e Silva localiza-se na BR-376, próximo ao Distrito de Sumaré. A questão econômica foi reforçada pela postagem do prefeito KIQ nas redes sociais. Ele disse que a intenção é utilizar o espaço para incentivar a geração de empregos.

Segundo o decreto, caberá à Procuradoria-Geral do Município apresentar, em 15 dias, “estudo jurídico sobre as medidas administrativas a serem adotadas”.

O Presidente da Sociedade Rural do Noroeste do Paraná, Dr Mario Hélio Lourenço de Almeida Filho que esta trabalhando em uma propriedade rural da Família, gravou um video no local se manifestando contra este Decreto.

Video reprodução redes sociais.

RoyNews

Um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
close button
Anuncie