Menu Right

Top Social Icons

Error

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

terça-feira, 1 de junho de 2021

Imuniza Paranavaí/Encerra-se nesta quarta-feira prazo para requerer devolução de doação

Após este prazo, será iniciada a aquisição de insumos e
medicamentos para a Santa Casa e hospital de campanha
Encerra-se nesta quarta-feira, dia 2, o prazo para os doadores que não concordarem que os recursos da campanha Imuniza Paranavaí sejam utilizados na compra de medicamentos e insumos, requeiram a restituição. A campanha foi criada pela Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (ACIAP) diante da perspectiva de a Prefeitura adquirir 100 mil doses de vacina Sputnik V. Os imunizantes estavam orçados em R$ 5 milhões, sendo que a metade seria bancada pela Administração Municipal e o restante seria arrecadado através da campanha.
Diante da inviabilidade cada vez maior da aquisição da vacina, a ACIAP em reunião conjunta com representantes da Santa Casa e do Governo Municipal, decidiu usar os recursos para aquisição de medicamentos e insumos. Os produtos serão doados ao hospital de campanha, que está funcionando na Unidade Morumbi e sendo mantido pelo município, e Santa Casa. A maior parte dos insumos (60%) será destinado à Santa Casa, já que os leitos de UTI (20) geram maior consumo de medicamentos. O hospital tem outros 10 leitos de enfermaria. Já a unidade mantida pelo município possui 35 leitos de enfermaria.
Antes de comprar os medicamentos, a ACIAP abriu prazo que que os doadores que não concordarem com a nova destinação dos recursos peçam a devolução. Para fazer o requerimento, o interessado deve usar um formulário próprio que está disponível no site da ACIAP e da campanha Imuniza Paranavaí. O prazo para fazer o requerimento encera-se nesta quarta-feira.
POPULAÇÃO SENSIBILIZADA – Até agora, poucas pessoas pediram a restituição, como previu na reunião da última quinta-feira, dia 27, o presidente da ACIAP, Rafael Cargnin Filho. Ele estimou que, embora esteja mudando a destinação dos recursos, de vacinas para medicamentos, a causa é a mesma. E não seria justo manter o dinheiro parado à espera da possibilidade agora remota de compra da vacina, enquanto as unidades de linha de frente estão precisando de ajuda. “A população está sensibilizada para a causa”, afirmou.
Somente após o encerramento do prazo para o pedido de devolução é que a ACIAP começa a fazer as aquisições para as unidades hospitalares. Por enquanto foram liberados somente cerca de R$ 10 mil para medicamentos que estavam faltando no hospital de campanha e nesta terça-feira (01) liberado outra quantia para que a ACIAP comprasse capacetes de oxigênio para a Santa Casa. Trata-se de equipamento usado na ventilação não invasiva de pacientes com os pulmões comprometidos pela Ciovid-19.
Segundo o diretor-geral da Santa Casa, Héracles Alencar Arrais, a doação destes capacetes) “vem ao encontro com nossa preocupação em oferecer o melhor na tentativa de salvar vidas”. Segundo ele, “este equipamento, além de dar tratamento mais humanizado, evita e muito a necessidade de intubação como também reduz a quantidade de medicamentos utilizados para o tratamento”.
Ass.Aciap

RoyNews

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488