Menu Right

Top Social Icons

Error

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Butantan entrega 1 milhão de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde nesta quinta

Instituto deve concluir entrega das 46 milhões de doses previstas no primeiro contrato até semana que vem. Butantan espera chegada de ao menos 3 mil litros de insumo até dia 15 para ampliar a produção e manter cronograma do segundo acordo com o governo federal.

O Butantan entrega nesta quinta-feira (6) mais 1 milhão de doses CoronaVac, vacina contra Covid produzida pelo Instituto em parceria com o laboratório Sinovac, ao Ministério da Saúde.

Do montante, 226 mil ficam em São Paulo e o restante irá para o depósito do Ministério da Saúde Guarulhos para ser enviado ao estados.
Com o novo carregamento, o total de vacinas oferecidas por São Paulo ao Plano Nacional de Imunizações (PNI) chega a 43 milhões de doses desde o início das entregas, em 17 de janeiro.
De acordo com o Instituto, nas próximas semanas, outras 4 milhões deverão ser enviadas ao Programa Nacional de Imunização (PNI) por meio de três remessas.

O governador João Doria e o diretor do Butantan, Dimas Covas, estiveram no local para acompanhar o carregamento dos caminhões.
Com os novos envios, o Butantan concluirá o primeiro contrato firmado com o governo federal para o fornecimento de 46 milhões de doses, que sofreu atraso de alguns dias após problemas com a entrega de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) vindos da China, e começa a entregar as 54 milhões previstas no segundo acordo.
A CoronaVac representa 75,3% das vacinas aplicadas no país, com 33,89 milhões de doses (dados atualizados às 21h desta quarta-feira (5).
Matéria-prima

Nesta quarta-feira (5), o instituto afirmou que foi solicitado à Sinovac o envio de 6 mil litros, para produzir aproximadamente 10 milhões de doses, mas espera receber minimamente os 3 mil que não foram liberados no prazo por conta de questões burocráticas do sistema de exportação chinês.
O Butantan é parceiro do laboratório, e responsável pela etapa final de produção da vacina no Brasil.
"Nossa expectativa é a de que o IFA chegue no Brasil até o dia 15. Esse é o planejado, programado para que não haja atraso nenhum nas entregas da segunda parte do mês de maio", disse Cintia Lucci, diretora de projetos estratégicos do Instituto, durante coletiva de imprensa do governo estadual.
Por G1 SP — São Paulo

RoyNews

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488