Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

sábado, 16 de janeiro de 2021

Insumos para vacinação da Covid-19 chegaram em Paranavaí na 14ª Regional

Regional de Saúde recebe insumos em preparação para chegada da vacina contra Covid-19

A 14ª Regional de Saúde, com sede em Paranavaí, recebeu na tarde deste sábado (16) uma remessa de insumos em preparação para a chegada da vacina contra Covid-19. No total, foram recebidas 32 mil seringas com agulhas, 2.500 máscaras triplas descartáveis. 800 aventais descartáveis, 100 lâminas em acetato pet, 100 testeiras para suporte de lâmina em acetato e 32 mil Cartões de Vacinação para adultos. O material será usado na primeira fase imunização nos municípios da região Noroeste do Paraná.

“Começamos recebendo os insumos e já vamos organizar todo este material para aguardar a chegada das doses da vacina. Nossa expectativa é receber estas doses até o fim da próxima semana para darmos início à aplicação das doses”, destaca o chefe da 14ª Regional de Saúde, Nivaldo Mazzin.
Nesta primeira fase, a vacinação será feita de maneira escalonada (em etapas) e os primeiros a receberem as doses serão os profissionais de Saúde que atuam na linha de frente do combate ao Covid-19.
“Em Paranavaí, quem vai receber a vacina nesta primeira etapa são os profissionais de Saúde que estão atuando na UBS Centro (referência para atendimento de casos suspeitos de Covid-19), SAMU, UPA 24 horas e Santa Casa. Nós já estamos finalizando o esquema de imunização e devemos divulgar já no início da semana todos os detalhes sobre a operacionalização da aplicação destas doses”, explica a secretária de Saúde de Paranavaí.
Alerta – Apesar da boa notícia sobre a proximidade do início da vacinação contra o Covid-19, a secretária de Saúde de Paranavaí faz um alerta. “Este não é o momento de haver relaxamento nos cuidados contra o Covid-19. Não podemos achar que porque a vacina está chegando, tudo pode voltar ao normal como era antes da pandemia. Isso por dois motivos: primeiro que, neste momento, o percentual de pessoas que vão receber a primeira dose da vacina é muito pequeno. 
A vacina não é para toda a população agora, é só para os profissionais de Saúde da linha de frente do combate ao Covid-19. Segundo, que a imunização de todos os grupos prioritários vai levar alguns meses, não vai ser em poucas semanas. Além disso, as pessoas dos grupos prioritários ainda precisam tomar a segunda dose e aguardar o período de efeito do imunizante. 
Por isso, não é seguro sair sem máscara, deixar de higienizar as mãos com álcool gel, nem fazer parte de festas e reuniões com aglomerações. As estatísticas mostram que nessas duas primeiras semanas de janeiro o nível de transmissão está acelerado e continua crescente. 
Em 15 dias já alcançamos o número de casos positivos registrados em todo o mês de novembro. E a última semana foi a pior de todas desde o início da pandemia, com 369 casos positivos. Agora é hora de reforçar os cuidados”, reforça Andréia. 

Ass.Pref

RoyNews

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488
close button
Anuncie