Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

quarta-feira, 15 de julho de 2020

PRF prende em Mandaguari 2 homens acusados de furtar objetos dentro de veiculo em Alto Paraná

Eles confessaram que utilizavam dispositivos eletrônicos para impedir o trancamento de veículos
Agentes da Polícia Rodoviária Federal, PRF, abordaram no início da tarde desta quarta-feira, 15, por volta das 13h45, defronte a Unidade Operacional em Mandaguari, um veículo M Benz, com placas de Curitiba, que seguia sentido Maringá a Londrina, conduzido por um homem de 47 anos e como passageiro, um homem de 34 anos.
Iniciado a fiscalização, os agentes da PRF verificaram haver no banco traseiro e bagageiro deste veículo, diversos objetos com procedência não informada pelos ocupantes. Diante do nervosismo e contradições dos envolvidos, os agentes buscaram informações junto à Polícia Civil de Maringá, e esta informou que havia registro de que dois homens realizaram um furto de objetos dentro de um veículo, em Alto Paraná, região Noroeste do Estado.
Após tais informações, inclusive de posse de detalhes e métodos utilizados no furto, aliado ao comportamento da dupla, os ocupantes acabaram confessando aos agentes da PRF que os objetos por eles transportados eram produto de furto em uma caminhonete S-10, realizado na manha de hoje, em Alto Paraná.
Relataram que após o condutor desta caminhoneta estacionar em um pátio de um posto de combustíveis, no km 121 da BR 376, utilizaram um dispositivo eletrônico denominado popularmente de “chapolim”, que impediu o trancamento deste utilitário.
Com o veículo destrancado, aguardaram seu condutor adentrar no estabelecimento e furtaram os objetos, como peças de veículos, cosméticos, perfumes, notebook, equipamento de leitura de injeção eletrônica, dentre outros.
Diante dos fatos, eles foram presos em flagrante e encaminhados com o veículo e os produtos furtados à delegacia da Polícia Civil de Maringá. Eles responderão criminalmente em tese, pelo crime de furto qualificado, com pena que pode chegar a 8 anos de reclusão.
Fotos- Divulgação PRF
Ass.PRF
RoyNews

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488