Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Em três noites, operação conjunta fechou e multou bares e lanchonetes com irregularidades em Paranavaí

Durante três noites da última semana, a Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Ditran, Corpo de Bombeiros, Vigilância em Saúde, setor de Fiscalização da Secretaria Municipal de Fazenda e Conselho Tutelar fiscalizaram 15 estabelecimentos (bares e lanchonetes) de Paranavaí com comércio de bebidas. Dois bares foram fechados no Jardim Morumbi por falta de alvará e sete dos estabelecimentos vistoriados foram multados com alguma irregularidade.
Na noite de quinta-feira, dia 18 de junho, a operação conjunta percorreu bares e lanchonetes no distrito de Sumaré, no Jardim Morumbi, Jardim São Jorge e Centro. “No Morumbi, dois bares foram fechados por falta de Alvará e ainda multados pela Vigilância em Saúde com irregularidades. No distrito de Sumaré, duas lanchonetes foram multadas por não estarem respeitando as normas previstas para o enfrentamento ao Covid com relação ao distanciamento das mesas e cadeiras, aglomeração de pessoas, etc. Os dois locais já eram reincidentes e os proprietários foram encaminhados pela Polícia Militar para a lavratura de Termo Ciscunstanciado. Eles vão responder criminalmente por descumprir as determinações do Decreto Municipal relacionado às medidas de enfrentamento ao Covid-19”, explicou o Tenente Leônidas, da Polícia Militar, que comandou a ação.
Na sexta-feira (19) à noite, foram fiscalizados outros 8 locais pela cidade, entre bares, lanchonetes e postos de combustível. Duas lanchonetes e um posto de combustível foram multados por não estarem cumprindo as determinações do Decreto Municipal relacionado às medidas de enfrentamento ao Covid-19.
Já na noite de sábado (20), a operação foi conferir denúncias de locais onde seriam realizadas uma festa junina, uma festa de criança e uma live com músicos da cidade. Nos dois primeiros locais, foi realizada a orientação e notificação para que as festas não fossem realizadas. Já no local onde seria realizada a live, o proprietário foi orientado a não reunir mais do que 10 pessoas (quantidade de pessoas permitida em Decreto para a realização de transmissões ao vivo).
“Essa operação que realizamos é chamada de AIFU – Ação Integrada de Fiscalização Urbana. Temos recebido denúncias sobre locais com aglomeração de pessoas, a maioria sem máscaras. A nossa percepção é de que as pessoas estão relaxando nos cuidados contra o Covid, não estão dando a devida atenção aos riscos de contaminação. Estamos em uma fase crítica de transmissão da doença e por isso estamos fazendo um acompanhamento, uma fiscalização mais rigorosa pela cidade”, frisou a diretora da Vigilância em Saúde, Keila Stelato.

Ass.Pref

Por RoyNews

2 comentários

  1. nao estao sendo impedido de trabalhar mas querem mais que isso, entao tome multa 5 mil pra um 5 mi pra todos .

    ResponderExcluir
  2. É o Estado avançando com toda vontade contra as liberdades individuais. Comunistas, como esse senhor aí de cima, aplaude isso. Depois não reclama quando a SUA liberdade também for interrompida.

    ResponderExcluir

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488