Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

domingo, 12 de abril de 2020

Coe estuda proposta para regularizar a circulação de pessoas em mercados-Empresa que teve funcionaria com covid-19 e outros suspeitos ficará fechada até que se levante quantos colaboradores estão sintomáticos

A reunião do COE (Comitê de Operação Emergencial) na manhã deste sábado (11) recebeu uma proposta do COE Econômico com medidas que podem ser adotadas para regular a circulação de pessoas nos mercados. O objetivo é evitar aglomerações e fazer com que o número de pessoas que circulam no mercado ao mesmo tempo diminua. “A regulação de circulação de pessoas nos mercados é uma das próximas medidas a serem tomadas pelo COE. 
Estamos debatendo qual deve ser a melhor maneira de fazer isso e, em breve, poderemos colocar novas regras em prática. Temos contado com o auxílio do COE Econômico para esse assunto, que tem levantado as informações necessárias e vem contribuindo com ideias para melhorarmos o nosso trabalho”, disse o prefeito KIQ. 
Outro assunto levantado na reunião deste sábado foi quanto a situação de uma empresa que teve um funcionário com caso de Covid-19 confirmado e outros que já estão suspeitos. “A empresa ficará fechada até que se levante quantos colaboradores estão sintomáticos. 

A Secretaria de Saúde e o Ministério Público estão cuidando disso para que não tenhamos um surto entre os funcionários e um grande número de pessoas seja infectado ao mesmo tempo”, explicou a secretária de Saúde, Andreia Vilar. 
O município também vai criar mecanismos para incentivar a população no uso de máscaras. “Queremos mobilizar pastorais, comunidades evangélicas, universidades e comerciantes para que a população entenda a importância de usar uma máscara. Se cada pessoa agir com consciência para cuidar de si próprio e do próximo, com certeza teremos um ótimo resultado. E para os que não possuem condições de adquirirem sua própria máscara, a mobilização dessas comunidades será essencial”, ressaltou o secretário de Comunicação Social, Américo de Castro.
Ass.Pref

Fonte- RoyNews

3 comentários

  1. Sobre os supermercados,acredito que demorou demais já deviam ter tomado providências desde o início, e os bancos tbm !

    ResponderExcluir
  2. Em relaçao aos mercados desde que começou a quarentena na cidade tenho feito compras delivery (entrega)muito facil e evito contato 99% do que pedi chegou perfeito .o comercio enquanto estava fechado tambem pedi delivery ,entao nao ha porque fechar um estabelecimento alegando falta de verba dentro da cidade ,as mascaras deveriam ter um controle sobre elas mas deveriam ser dadas afinal PRESERVATIVOS (CAMISINHA) sao dadas que deveriam ser pra segundo plano

    ResponderExcluir

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488