Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

segunda-feira, 9 de março de 2020

Governo faz ajustes para potencializar o Programa de Irrigação, diz Ortigara durante visita a ExpoParanavaí

O secretário estadual de Agricultura, Norberto Ortigara, admitiu que, apesar de lançado em setembro do ano passado, o Programa Estadual de Irrigação, o Irriga Paraná, “não rodou ainda. Nós estamos ajustando, mesmo porque o Estado ainda deve algumas decisões importantes”. Ele fez as declarações durante visita ao Parque Costa e Silva, onde está acontecendo a 49ª Exposição Agropecuária e Industrial de Paranavaí (ExpoParanavaí).
Na avaliação dele, “o uso adequado da água como instrumento de produção, nesta região específica, de solo arenoso, combinado com outras técnicas e plena cobertura do solo, é fundamental para o sucesso (da agropecuária). A água, com a cobertura do solo, tem o potencial de multiplicar a produtividade, o ganho, a eficiência da produção. O uso racional da água, nem que seja para a soja, depois com milho, depois milho com braquiária ou mesmo só a pastagem, é fundamental para a densidade econômica dessa região”.
Embora admita a importância da técnica para o fortalecimento do agronegócio regional, Ortigara reconhece que o Governo ainda não finalizou a parte que cabe a ele para potencializar a irrigação. “Não conseguimos ainda acertar os tributos, tem quer abaixar um pouquinho o custo”, começa o secretário, apontando o que ainda falta o Governo fazer. No que se refere ao financiamento, informa que será encaminhada em breve à Assembleia Legislativa “a nossa proposta de lei que vai reduzir os juros para quem fizer irrigação, com Pronaf ao grande agricultor empresarial”.
Também citou que “estamos ajustando as nossas equipes de campo para ter suporte técnico, junto com as universidades como a UEM e outras, que é para não fazer burrada – com perdão da palavra – e fazer bem feito para obter sucesso”.
Sobre a licença ambiental, que tem sido uma das grandes preocupações para os produtores que querem adotar a técnica de irrigação, Ortigara garantiu que “foi negociado e lançado o Descomplica Paraná. Era a preocupação maior da região. Avançamos bastante”, assegura ele.
VERTICALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO – O secretário da Agricultura também abordou a questão do fornecimento e a qualidade da energia elétrica, outra preocupação dos atuais e futuros irrigantes. “Esta é uma questão um pouco mais lenta. Estamos – já lançado e em execução – com os primeiros 400 quilômetros do ‘trifaseamento’. 
Aqui na região Noroeste, tanto Umuarama como Paranavaí, quanto em Cianorte, encomendei até o dia 15 deste mês a identificação das linhas principais, que deverão ser convertidas de monofásicas para trifásicas”, informou ele, garantindo que vai “induzir a Copel a fazer o investimento mais rápido, está combinado isso com a Copel”.
Fazendo uma avaliação das ações que estão sendo tomadas pelo governo, o secretário Norberto Ortigara afirmou que providências em andamento, “esperando que, de fato, do lado de quem vai fazer a coisa, que é o agricultor que vai irrigar, em qualquer tamanho, eu fico satisfeito: ser tiver um pomarzinho, se tiver um pomar grande, se tiver gotejamento, se tiver um piquetinho de pastagem para o gado de leite com um aspersorzinho de uma mangueirinha até o grande pivô. Então a gente tem toda essa visão de apoiar essa iniciativa, que é fun-da-men-tal, repito, para o sucesso da agricultura, do agronegócio do noroeste do Paraná”.
O titular da SEAB diz que a verticalização da produção, ou seja, produzir mais no mesmo espaço “é o caminho da moderna agricultura, não tem muito chororô”. Acrescenta que “a hipótese de derrubar mata no Brasil é zero, a hipótese de usar a pastagem degradada, recuperar ela, para a produção agrícola e pecuária, é fundamental. Então, é assim: nós temos que investir no conhecimento, na ciência, naquilo que permita a gente colher mais na mesma área. É produtividade, quilos por hectare, sacas por hectare, toneladas por hectare, quanto mais, melhor. É o processo de, no mesmo chão, tratar bem o solo, com carinho, química, física e biologicamente bem resolvido, pra extrair resultados”.

Ortigara participou, ao lado do vice-governador Darci Piana e do secretário de Desenvolvimento Ambiental e Turismo, Márcio Nunes, da abertura da ExpoParanavaí, na sexta-feira, dia 5, no Parque Costa e Silva. Antes da abertura, na sede da Sociedade Rural do Noroeste do Paraná, promotora do evento, ele conversou demoradamente com o presidente e o vice da recém criada Associação dos Produtores Irrigantes do Paraná (APIP), Demerval Silvestre e Ivo Pierin Júnior, respectivamente.

Ass.APIP

Fonte RoyNews

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488