Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

26 de dezembro, dia da troca de presentes

       Imagem- Diário Digital

Dia Internacional da Troca de presentes. Assim pode ser chamada a data de 26 de dezembro, pois é o primeiro dia após a celebração natalina e é quando as pessoas aproveitam para trocar aquele presente que não serviu direito ou que por algum detalhe não agradou tanto
O Código de Defesa do Consumidor é claro e diz que o lojista só é obrigado a trocar um produto em caso de defeito. Mas na prática, a grande maioria dos estabelecimentos, em especial os de vestuário e calçados, é flexível nesse sentido. A gerente de uma Loja explica que é uma forma de fidelizar o cliente e ao mesmo tempo aproveitar a oportunidade para uma nova venda.

Mas é preciso estar atento às regras para essa troca, que podem variar de acordo com cada estabelecimento. 
O prazo começa a ser contado a partir do momento da compra e não quando é entregue à pessoa presenteada, por isso quanto antes a pessoa efetuar a troca, melhor, pois assim ela conseguirá garantir a numeração ou o modelo que deseja. Se a pessoa deixar para fazer a troca perto do final do prazo, pode acabar não encontrando o produto que deseja, nem o tamanho que precisa.
Outra questão sobre a qual precisa-se estar atento é se a peça comprada é de liquidação, muitas lojas não trocam produtos comprados nessa condição, a não ser em caso de defeito. Outro cuidado que o consumidor precisa tomar é sempre pedir a nota fiscal e guardá-la. Ela é a garantia de que a compra foi feita naquele estabelecimento e naquela data. A loja adotou uma estratégia diferenciada, caso a pessoa tenha perdido a nota, é possível solicitar uma segunda via para depois fazer a troca.
Por fim uma dica, que caso você tenha esquecido de usar quando comprou seus presentes, é válida para outras ocasiões em que for presentear alguém novamente: mesmo que a troca seja algo usual no comércio, é bom sempre perguntar se o estabelecimento faz essa troca, lembrando que o procedimento só é obrigatório em caso de defeito. É bom averiguar também se o produto é passível de troca, itens como lingeries e roupas de banhos não são por exemplo. 

RoyNews/Fonte O Hoje.com


Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488