Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Ótima noticia-Início das atividades na UPA de Paranavaí previsto para este mês

De acordo com a secretária de Saúde, a UPA contará com aproximadamente 100 profissionais distribuídos em diferentes turnos. Serão dois médicos clínicos atendendo 24 horas por dia
A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paranavaí deverá entrar em funcionamento até o final deste mês. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Andréia Vilar, a estrutura já está pronta e a compra da maioria dos equipamentos foi concluída. Falta, agora, fazer a contratação de profissionais para atuarem no local.
A ampliação do quadro de recursos humanos depende da aprovação de um projeto de lei encaminhado à Câmara de Vereadores pelo Poder Executivo. O texto foi apreciado em primeira votação na noite de segunda-feira (8) e voltará a ser discutido na próxima semana. Se for aprovado, permitirá as contratações.
De acordo com a secretária de Saúde, a UPA contará com aproximadamente 100 profissionais distribuídos em diferentes turnos. Serão dois médicos clínicos atendendo 24 horas por dia, além de pediatra visitador para um período de manhã e outro à tarde. 

Somam-se os demais médicos, a equipe de enfermagem e do setor administrativo e os trabalhadores de limpeza, manutenção e transporte.
Atualmente, os serviços de urgência e emergência são prestados no Pronto Atendimento Municipal. Em dias de grande movimento, são registrados até 250 pacientes. No entanto, a estrutura do prédio, a quantidade de profissionais e as acomodações para os usuários não garantem o conforto e a comodidade necessários.
A situação deverá mudar a partir da abertura da UPA. O novo prédio tem 1.000 metros quadrados, ou seja, é duas vezes maior do que o Pronto Atendimento Municipal. Isso permitirá organizar os trabalhos de maneira mais adequada e melhorar as condições para os pacientes.
PRIORIDADES – Segundo a secretária de Saúde, a equipe da UPA adotará o Protocolo de Manchester, que determina a ordem dos atendimentos de acordo com a gravidade dos sintomas apresentados pelos pacientes, classificação que se dará por um programa de computador e com base nas avaliações feitas pelos profissionais.

Andréia fez questão de enfatizar que, assim como ocorre no Pronto Atendimento Municipal, a UPA será destinada aos pacientes em situação de urgência ou emergência. Casos de menor gravidade deverão ser encaminhados para as unidades básicas de saúde. 
A secretária citou alguns exemplos de problemas que são classificados como sensíveis à atenção básica: dor crônica na coluna que se estende por dias, suspeita de gripe, estados febril. Em todas essas situações, o ideal é que o paciente busque atendimento na UBS mais próxima de casa.

Por outro lado, uma pessoa que sente fortes dores no peito e tontura pode estar sofrendo um infarto. Sendo assim, deve se dirigir à UPA para receber os cuidados médicos adequados. O mesmo vale para uma criança que esteja com febre de 40 graus.
PRONTO ATENDIMENTO – O prédio onde o Pronto Atendimento Municipal está instalado tem problemas estruturais e de conservação. Além disso, não possui espaço suficiente para acolher todos os pacientes de forma cômoda e confortável. Assim que a UPA estiver em funcionamento, o Pronto Atendimento Municipal será fechado definitivamente.

RoyNews- Fonte- Diário do Noroeste

Um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488