Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

terça-feira, 16 de abril de 2019

Criança de sete anos morre em Paranavaí e há suspeita de dengue hemorrágica



Um garoto de sete anos morreu na noite desta segunda-feira (15), na Santa Casa de Paranavaí, e entre as causas da morte há a suspeita de dengue hemorrágica.

Este é o primeiro caso suspeito de morte por dengue em Paranavaí neste ano.
Segundo a direção da Santa Casa, o garoto tinha paralisia cerebral e estava internado desde o dia 11 de abril. O quadro da criança, aliado a suspeita de dengue pode ter piorado o caso e levado o garoto à morte.

De acordo com a Regional de Saúde de Paranavaí, já foi solicitada toda a documentação para o hospital para que seja encaminhada ao Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen), em Curitiba, onde será analisada para a conclusão da causa da morte.

O que é Dengue hemorrágica?

A dengue hemorrágica acontece quando a pessoa infectada com o vírus da dengue sofre alterações na coagulação sanguínea. Se a doença não for tratada com rapidez, pode levar à morte.

DEN-3 e DEN-4. A infecção por um deles dá proteção para o mesmo sorotipo e imunidade parcial e temporária contra os demais.

Os sintomas iniciais são parecidos com os da dengue clássica, e após o terceiro ou quarto dia surgem hemorragias causadas pelo sangramento de pequenos vasos da pele e outros órgãos. Na dengue hemorrágica, ocorre uma queda na pressão arterial do paciente, podendo gerar tonturas e quedas da própria altura.

No continente americano, a primeira epidemia de dengue hemorrágica aconteceu em Cuba, em 1981. No Brasil os casos de dengue hemorrágica eram raros até o ano 2000, quando chegou ao país o vírus da dengue tipo 3. Isso aumentou o número de casos, pois iniciou a infecção em pessoas que já tinham sido acometidas pelo vírus 1 e/ou 2.

Causas

A transmissão da dengue ocorre através da picada do mosquito Aedes que, após um período de 10 a 14 dias após ter sido contaminado ao alimentar-se de sangue humano com o vírus da dengue, pode transportar o respectivo vírus durante toda a sua vida. A dengue não é transmitida de pessoa para pessoa.

Fonte- RoyNews /- Portal da Cidade

Um comentário

  1. Nao e somente ,casas ,terrenos que os agentes deveriam fiscalizar ,existem agentes fazendo vista grossa pra empresas

    ResponderExcluir

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488