Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

POLICIA MILITAR E MINISTÉRIO PÚBLICO PRENDEM GRUPO CRIMINOSO ESPECIALIZADO EM ROUBOS A RESIDÊNCIAS NA REGIÃO DE NOVA ESPERANÇA,UM FOI PRESO EM GRACIOSA.

Terminou nesta quinta-feira, com o oferecimento de denúncia feito pelo Ministério Público do Foro Regional de Nova Esperança, por meio da 2a Promotoria de Justiça, operação conjunta com a Agência de Inteligência do 8º Batalhão de Polícia Militar (Paranavaí).

A **“Operação Cleptos”** investigou, por seis meses, os suspeitos de uma organização criminosa que agia no noroeste do Estado do Paraná, e concluiu que os suspeitos se associaram de forma estável, permanente e armada, para cometer diversos crimes.
Os  principais alvos das ações deste grupo eram residências, a maioria do município de Floraí-PR, casas que invadiam de forma violenta e sempre portando armas, rendiam moradores e subtraiam os pertences, principalmente veículos e preferencialmente caminhonetes. O grupo ainda praticava roubos a estabelecimentos comerciais dentre outros ilícitos e por várias vezes restringiam, durante horas, a liberdade da vítima.

Os principais crimes, pelos quais os acusados irão responder são: Associação Crimosa Armada, Roubo Majorado, Receptação, Roubo Majorado Tentado, Desobediência, Porte Ilegal de Arma de Fogo, Disparo de Arma de Fogo, Falsa Comunicação de Crime, tentativa de homicídio e Favorecimento Pessoal.
O grupo, composto por 4 homens e uma mulher, foi aos poucos, durante as investigações, sendo desmantelado e seus membros presos, bem como armas, objetos, veículos de origem ilícita e cigarro contrabandeado foram apreendidos.  Os autores foram presos nos municípios de Nova Esperança, Maringá, Cianorte e em um distrito de Paranavaí (Graciosa). 

Um dos membros do grupo já estava preso e auxiliava os demais de dentro da prisão. Durante as prisões, a Polícia Militar precisou dispor de grande efetivo policial e detalhado planejamento, sendo as operações marcadas por resistência, desobediência, acompanhamento tático e confronto armado. Durante as investigações, foram ouvidas pelo Ministério Público aproximadamente 30 pessoas (testemunhas e suspeitos). Todos os integrantes se encontram presos e a disposição da justiça.

Fonte- Policia Militar.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488