Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Paranavaí busca políticas públicas para combate e prevenção às drogas

Embora a sociedade local tenha iniciado há quase cinco anos uma mobilização para organizar a rede de combate e prevenção às drogas, somente nesta sexta-feira, dia 30, conseguiu realizar “este grande debate” em torno do assunto.
 A revelação é do presidente da Comissão Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas (Comud), Dante Ramos Júnior, e foi feita nesta manhã na abertura do 1º Fórum Municipal de Políticas sobre Drogas, que se realiza no auditório da ACIAP. 
A promotora Suzi Mara de Oliveira, que provocou a mobilização em 2013, disse que nestes anos foi perceptível o combate por parte da Polícia, mas reconheceu que ainda há muito o que fazer, até porque, o problema deixou de se limitar a jovens e adolescentes e agora atinge uma classe de faixa etária maior.

Ramos Júnior disse que a meta do Fórum é reunir todos os atores envolvidos na rede para discutir “o que podemos fazer para melhorar o atendimento e como podemos trabalhar situações emergenciais”. Ele lamentou que “ainda não temos políticas públicas sobre drogas”, embora haja pequenas estruturas nos três níveis de governo. Mas novamente tudo será reiniciado. “Infelizmente, em nosso país, o que interessa é o que o governante pensa e não a política pública existente”, reclamou
O presidente do Comud destacou a importância dos assuntos a serem tratados, com destaque para a atuação das chamadas comunidades terapêuticas, o trabalho em rede e “como vamos trabalhar e nos comprometer” com esta questão.
Ele voltou a defender a necessidade de retomar os valores familiares e éticos, o trabalho conjunto do setor público e de voluntários e o exercício da cidadania como ferramentas para o trabalho de prevenção às drogas.
Os demais oradores que se seguiram, o secretário municipal de Esportes, Rafael Octaviano, a promotora Suzi Mara, o vereador Lucas Barone, a secretária municipal de Educação, Adélia Paixão e o bispo diocesano de Paranavaí, dom Mário Spaki, insistiram na gravidade do problema, na necessidade de debater o assunto profundamente e que, trabalhando em rede, é possível mitigar a questão das drogas. Também houve unanimidade que, além dos dependentes químicos, é preciso atuar também junto a família, que muitas vezes não está preparada e nem sabe como lidar com a situação.

Fonte-RoyNews- Assessoria Aciap

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488