Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

terça-feira, 8 de maio de 2018

Sábado é o Dia “D” de vacinação contra a gripe

No próximo sábado, dia 12 de maio, todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) estarão abertas para o Dia “D” de vacinação contra a gripe. Todos os postos de saúde de Paranavaí irão atender ao público das 8h às 17h, sem intervalo para almoço. 

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe vai até o dia 1º de junho em todo o país.


Para ser imunizado é necessária a apresentação da carteira de vacina, documento de identificação pessoal com foto e, para as grávidas, a carteira de gestante. As pessoas com doenças crônicas devem apresentar ainda a prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina (o CID de identificação da doença), e o professores precisam apresentar a declaração da instituição de ensino onde trabalham (timbrada, assinada e carimbada pelo diretor). 

Familiares que têm pacientes acamados, deverão entrar em contato com a UBS mais próxima de sua casa para agendar a visita da equipe para a aplicação da vacina.

As doses da vacina trivalente que protegem contra a gripe comum (tipo B) e duas gripes do tipo A (H1N1 e H3N2) são gratuitas. Mais informações podem ser obtidas na coordenação do setor de Imunização do município, pelo do telefone 3423-7084.


Metas - Em Paranavaí, a expectativa é de vacinar 21.064 pessoas dos grupos prioritários nesta primeira etapa da campanha. “Nossa meta é imunizar 4.996 crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), 2.329 trabalhadores da saúde, 952 gestantes, 156 mães em estado puerperal (até 45 dias após o parto), 11.112 idosos e 1.519 professores. Até agora vacinamos 48,15% da população prioritária, pouco mais de 10.100 pessoas. A maior preocupação ainda é com as crianças e os professores ativos.

Até agora só vacinamos 31,87% das crianças e 38,71% dos professores. E os riscos são grandes para estes grupos, por serem os que convivem mais em ambientes com aglomeração”, explica a coordenadora de Imunização do município, Míryan Jordão.

Além desses grupos, também fazem parte do grupo prioritário os povos indígenas; população privada de liberdade; jovens de 12 a 21 anos que estão sob medidas
socioeducativas; e os funcionários do sistema prisional.

Fonte: Prefeitura Municipal 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488