Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar
PARANAVAÍ Previsão do Tempo

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Operação contra tráfico de drogas prende cinco pessoas no noroeste do Paraná

Polícia Civil deflagrou operação contra quadrilha nesta sexta-feira (20). Mandados foram cumpridos em Nova Londrina e Marilena.


Um dos integrantes dessa organização ainda é suspeito de roubar três malotes de postos de combustíveis e estar envolvido em um homicídio. Ele é considerado foragido. De acordo com o delegado Dimitri Monteiro, os roubos foram praticados nos últimos quatro meses.

"Os funcionários dos postos foram rendidos por esse suspeito e um comparsa quando chegaram nos bancos. No total, foram roubados R$ 10 mil dos três malotes", explicou o delegado.

A Polícia Civil começou a investigar a quadrilha há oito meses, após uma denúncia anônima. Na operação, foram apreendidas armas, dinheiro, celulares e drogas.

Cinco homens foram presos em uma operação de combate ao tráfico de drogas em Nova Londrina e Marilena, no noroeste do Paraná, nesta sexta-feira (20). Um dos presos é apontado como chefe da organização criminosa investigada.


Segundo a Polícia Civil, aos investigados moravam em Marilena, mas a venda de drogas era realizada em Nova Londrina. De Nova Londrina os suspeitos mandavam os entorpecentes para outras cidades da região.


Foram expedidos sete mandados de prisão preventiva, mas dois não foram cumpridos. As duas pessoas são consideradas foragidas. Também foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão.


Um dos integrantes dessa organização ainda é suspeito de roubar três malotes de postos de combustíveis e estar envolvido em um homicídio. Ele é considerado foragido. De acordo com o delegado Dimitri Monteiro, os roubos foram praticados nos últimos quatro meses.


Um dos integrantes dessa organização ainda é suspeito de roubar três malotes de postos de combustíveis e estar envolvido em um homicídio. Ele é considerado foragido. De acordo com o delegado Dimitri Monteiro, os roubos foram praticados nos últimos quatro meses.

"Os funcionários dos postos foram rendidos por esse suspeito e um comparsa quando chegaram nos bancos. No total, foram roubados R$ 10 mil dos três malotes", explicou o delegado.

A Polícia Civil começou a investigar a quadrilha há oito meses, após uma denúncia anônima. Na operação, foram apreendidas armas, dinheiro, celulares e drogas.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488