Menu Right

Top Social Icons

Error

Slider Area 1

Slider Area 2

Slider Area 3

Responsive Full Width Ad

Left Sidebar
Left Sidebar
Featured News
Right Sidebar
Right Sidebar

Paranavaí

Polícia

Notícias Recentes

Saúde

Esporte

Estadual

Social

Cultura

Região

Eleições 2018

Empregos

Geral

PARANAVAÍ Previsão do Tempo

segunda-feira, 1 de março de 2021

Prefeito KIQ participou de reunião sobre compra de vacinas contra Covid-19

O município de Paranavaí, por meio do prefeito KIQ, marcou presença na reunião virtual sobre a constituição de um consórcio público municipal para compra de vacinas contra Covid-19 promovida pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP).

O objetivo da criação do consórcio é ampliar e agilizar a imunização da população. “A reunião foi muito proveitosa. Agora, o consórcio será formado com a participação de diversos municípios. Dessa forma, buscaremos a compra direta das vacinas”, afirmou KIQ.
Decisão do STF – A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em ação ajuizada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e proferida no dia 23 de fevereiro de 2021, permite que estados, distrito federal e municípios possam comprar e fornecer à população vacinas contra a Covid-19.
A autorização para a aquisição de imunizantes foi admitida nos casos de descumprimento do Programa Nacional de Imunizações (PNI) pelo Governo Federal ou de insuficiência de doses previstas para imunizar a população. A liberação também cabe para os casos em que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não conceda autorização em até 72 horas para o uso de imunizantes aprovados por agências reguladoras de outros países.

Também nesse sentido, o Senado Federal aprovou, no dia 24 de fevereiro, o Projeto de Lei (PL) 534/2021, que se ampara na decisão proferida pelo STF e especifica as hipóteses de aquisição, ao prever que Estados, DF e municípios poderão comprar vacinas, em caráter suplementar, com recursos federais. Poderão utilizar recursos próprios, excepcionalmente, quando houver descumprimento do PNI ou quando este não proveja cobertura imunológica tempestiva e suficiente contra a doença.

Todas as medidas se aplicam apenas às vacinas que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) tenha concedido registro ou autorização temporária de uso emergencial. As regras valem enquanto perdurar a Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional (ESPIN), em decorrência do coronavírus.

A inciativa de construir condições políticas, administrativas, jurídicas e diplomáticas inafastáveis para a aquisição de vacinas por parte dos municípios brasileiros não rivaliza, nem se sobrepõe às iniciativas do Governo Federal e estaduais. Pelo contrário, se somam.

O consórcio – 
A proposta é constituir um consórcio público multifinalitário, fundamentado na Lei 11.107/2005, para adquirir vacinas, medicamentos, insumos e/ou equipamentos. A alternativa se dá pela inviabilidade de utilizar os já existentes, sejam por restrições de finalidade, abrangência territorial, ou ainda, pela inexistência de imagem internacional consolidada. 
Com a participação das maiores cidades do país, que também já possuem protagonismo e trajetória de atuação internacional, com quadros técnicos qualificados, a iniciativa será ainda mais fortalecida. Assim, o consórcio público se apresenta como a melhor possibilidade para compra de vacinas de forma coletiva, tanto pelo ganho de escala, como para evitar uma caótica competição federativa, que poderá ser prejudicial ao processo.
A constituição do consórcio público, liderada pela FNP, respeitará a legislação vigente, utilizando mecanismos legais e apresentando propostas para adesão e minutas de projeto de lei para tramitação nos legislativos municipais. 
Sendo assim, será detalhado o necessário rito burocrático para que, com a devida segurança jurídica, se efetive a adesão e o avanço para a compra de vacinas, eventuais medicamentos eficazes que possam ser desenvolvidos, equipamentos e insumos, como oxigênio e seringas, por exemplo.
Ass.Pref

RoyNews

158 novos casos de Covid-19 confirmados em Paranavaí, nas últimas 72 horas

Boletim Covid-19 desta segunda-feira(01) divulgado às 17h11 pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Paranavaí, através da Secretaria de Saúde.
Nas últimas 72 horas, 158 novos casos de Covid-19 foram confirmados em Paranavaí, 41 através de laudos do LACEN, 103 por Testes Rápidos e 14 através de exames particulares de PCR ultrassensível. 

Os pacientes confirmados são 65 homens com idades entre 20 e 70 anos, 83 mulheres com idades entre 18 e 83 anos, cinco adolescentes de 14, 15, 16 e 17 anos (dois com a mesma idade), e cinco crianças de 5, 9 (duas com a mesma idade), 10 e 11 anos. Todas as pessoas confirmadas estão cumprindo isolamento domiciliar e sendo monitoradas pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde.

Com os novos resultados de exames, subiu para 4.928 o número de casos confirmados de Covid-19 em Paranavaí. Deste total, 4.297 pessoas já estão recuperadas. Elas foram positivadas, mas já passaram dos 14 dias de início dos sintomas e estão fora do período de transmissão da doença.
Considerando os 67 óbitos registrados na cidade desde o início da pandemia, Paranavaí tem hoje 564 pessoas positivadas e com o vírus ativo, 13 delas internadas na ala Covid da Santa Casa – três homens de 56, 73 e 89 anos e duas mulheres de 47 e 65 anos na Enfermaria, e quatro homens de 37, 53, 54 e 67 anos e quatro mulheres de 44, 57, 61 e 68 anos na UTI. 
As outras 551 pessoas positivadas e com o vírus ativo estão cumprindo isolamento domiciliar e sendo monitoradas pela Secretaria Municipal de Saúde.
Agora são 243 pessoas suspeitas (testadas e aguardando resultados de exames), todas cumprindo isolamento domiciliar e sendo monitoradas pela Secretaria Municipal de Saúde.
E o número de casos descartados (testados negativos) aumentou para 15.558 nas últimas 72 horas.
Ass.Pref

RoyNews

Prefeito Kiq requisita 20 novos leitos para a Unidade Morumbi e Pedirá a compra de vacinas diretamente pelos municípios em reunião On-Line com a Frente Nacional dos Prefeitos

O Prefeito K.i.q postou por volta das 16h15 em suas redes sociais uma nota importante:

1° Requisitando a instalação de 20 novos Leitos na Unidade Morumbi

2° Reunião agora às 16h30 com a Frente Nacional dos Prefeitos, visando a compra de vacinas diretamente pelos municípios.
Através do Decreto 22.079/21, o município de Paranavaí, está REQUISITANDO ADMINISTRATIVAMENTE parte da Unidade Morumbi, para instalação de 20 (vinte) novos leitos.

Já nesta manhã, estive em reunião virtual com os prefeitos da Amunpar para alinhamento quanto a possibilidade de funcionamento através do Consórcio Intermunicipal de Saúde.

As 16:30h teremos reunião com a FRENTE NACIONAL DOS PREFEITOS, visando a compra de vacinas diretamente pelos municípios.


Ainda no final de semana, estive em contato telefônico com representantes de 3 (três) vacinas.

Estamos trabalhando para enfrentar a crise instalada.
Não entraremos no meio da confusão ideológica, muito menos daremos palanque para politicagem barata.

Seguiremos trabalhando... assim como todos os prefeitos da Amunpar.
Pagina do Facebook do Prefeito

RoyNews

Centro Universitário UniFatecie realiza 1ª Colação de Grau On-Line de 2021

Todo acadêmico sonha com a sua colação de grau, para alguns a cerimônia solene realizada em um auditório com familiares e amigos se transformou em uma outorga de grau virtual. Devido à pandemia da Covid-19, que tem parado diversas cidades no mundo, e consequentemente levou à suspensão das atividades presenciais no centro universitário UniFatecie. 

A direção da IES emitiu com isso, a Instrução Normativa, que estabeleceu critérios para a Colação de Grau virtual aos acadêmicos que desejassem concluir logo sua graduação.
No último dia 10 de Fevereiro, 271 formandos(2020|21), do centro universitário UniFatecie colaram grau de modo virtual. Essa foi a maneira encontrada pela direção para formalizar a situação dos alunos que já preencheram os requisitos para obtenção do diploma.
"Entre inúmeros obstáculos, uma coisa é certa: tivemos de desacelerar, em todos os sentidos. Aprendemos tantas coisas com a pandemia do novo coronavírus, mas talvez a principal dela foi descobrir que sozinhos não somos nada, nem ninguém. Nesse período, conseguimos , prestar mais atenção no próximo e em nós mesmos. Aprender a identificar e a lidar com nossas próprias emoções de uma forma nunca vista antes no mundo pós-moderno. A ter um olhar mais generoso em relação a si próprio e ao próximo." Comenta o Coordenador de Eventos do grupo UniFatecie, Roberson Almeida.
Parabéns formandos. E um, até breve!@unifatecie @eadunifatecie

Mais fotos:






RoyNews

AIFU passou por mais de 50 estabelecimentos neste final de semana


O município de Paranavaí, por meio da Vigilância em Saúde, participou da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) durante este fim de semana. Com a parceria da Polícia Militar, Guarda Municipal e demais órgãos responsáveis pela fiscalização, a ação teve estabelecimentos fechados, multados e orientados.
Durante a ação que fiscalizou mais de 50 estabelecimentos, dois foram multados, uma igreja foi fechada, um estabelecimento foi interditado pelo Corpo de Bombeiros e outros estabelecimentos foram notificados e orientados. 
“A fiscalização ocorreu não apenas no Centro, mas também nos bairros. Encontramos alguns locais abertos que foram notificados e orientados a fecharem em cumprimento ao Decreto Estadual. Nos casos mais graves foram aplicadas multas e interdição”, disse a diretora da Vigilância em Saúde, Keila Stelato.
A Vigilância em Saúde e os demais órgãos de fiscalização darão continuidade nos próximos dias às AIFUs. A fiscalização exige que os estabelecimentos cumpram de maneira integral o Decreto Estadual 6983/2021.

Ass.Pref
RoyNews

Município decreta estado de calamidade pública em Paranavaí

O município de Paranavaí publicou nesta segunda-feira (1º) o Decreto 22.007/2021 que declara estado de calamidade pública na cidade. O fato acontece depois do agravamento da crise do novo Coronavírus (Covid-19) e os problemas de saúde pública e econômicos gerados pelo enfrentamento da pandemia.
“Consideramos que, em decorrência das ações emergenciais necessária para combater o Covid-19, as finanças públicas e as metas fiscais estabelecidas para o presente exercício poderão estar gravemente comprometidas no Município, assim como as metas de arrecadação de tributos, pela redução da atividade econômica”, disse o prefeito KIQ.

A Prefeitura de Paranavaí vai enviar à Assembleia Legislativa do Estado do Paraná um ofício pedindo o reconhecimento do estado de calamidade pública.
Ass.Pref

RoyNews

Com previsão de falta de oxigênio, Prefeitura de Cianorte decide publicar novo decreto

    Prefeito Marco Franzato- Foto/Tribuna de Cianorte

O prefeito de Cianorte, Marco Franzato, conversou com o governador Ratinho Junior sobre a possível falta de oxigênio nos hospitais, prevista para os próximos dias, e decidiu publicar um novo decreto municipal que seguirá à risca o decreto estadual.
Na sexta-feira (26), em decreto, o prefeito poupou o comércio não essencial, que ganhou a autorização para funcionar com 50%. Mas diante do novo cenário, as medidas serão mais rigorosas.
Nesse domingo (28), a Prefeitura de Cianorte precisou pedir oxigênio para Campo Mourão porque tinha acabado o insumo na cidade.

A informação, segundo a assessoria de imprensa de Cianorte, é que pode faltar oxigênio em mais cidades nos próximos dias.

Fonte CBN por Luciana Peña em 01/03/2021 -
Veja a publicação na Fan Page do Prefeito.

Atenção! Publicamos agora um novo decreto, seguindo à risca o decreto do governo do estado. Decisão tomada após conversa com o governador, motivada pela possível falta de oxigênio em alguns municípios do Paraná, prevista para os próximos dias. Agradeço o apoio da população, as mensagens de carinho. Agradeço também ao pessoal do comércio, empresários e a Associação Comercial que estão nos dando total apoio. Conto com a população para que sigam o decreto. Lembrando que a fiscalização está trabalhando com todo rigor pela saúde de todos!


RoyNews

Responsive Full Width Ad

Copyright © 2018 Roy News | Du Pessoa Serviços Digitais (73) 9 8888 1488